9.25.2012

Bolo de fubá

E a louca do bolo ataca de novo.
Como eu gosto de bolo. Mas o caseiro, sem químicas e pré mistura (daqueles bolos de supermercado, padarias).
"Bolo seco", como se diz na confeitaria. Aquele bolinho simples, sem recheio ou calda para umedecer. Para acompanhar um chá ou cafezinho fumegante.
E agora com meus novos conhecimentos sobre da farinha, meus bolos tem ficado cada vez melhor, com a textura perfeita!
Esses dias me deu uma louca vontade de fazer um bolinho e fubá e encontrei um delicioso, da antiga revista Claudia. A revista de hoje em dia é muito pretensiosa, perdeu aquele ar de culinária caseira e agora é tudo gastronomia, com fotos maravilhosamente compostas, com ingredientes difíceis de encontrar.
Não tenho nada contra a alta gastronomia, aliás, amaria fazer uma faculdade ($$$), mas por outro lado, não curto esses pratos-degustação. A comida parece ser incrível, mas em duas garfadas acaba! Merreca não é comigo.
Voltando ao bolo. Eu mudei todo o modo de fazer dele e tenho certeza que ficou muito melhor que o original. Modéstia à parte.=)
.


1 2/3 de xícara de açúcar
3/4 de xícara de manteiga em temperatura ambiente (ou margarina sem sal)
5 ovos inteiros misturados
1 3/4 de xícara de fubá
1 1/2 xícara de farinha de trigo
2 xícaras de leite
1 colher (sopa) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de erva-doce


  • Na batedeira em velocidade máxima, bata o açúcar e a manteiga até a mistura ficar fofa e bem clarinha, quase branca. Sem parar de bater, junte os ovos misturados em fio, bem devagar.
  • Misture o fermento e a erva-doce com a farinha.
  • Retire a mistura de açúcar da batedeira e misture com uma espátula delicadamente, alternadamente o leite, a farinha e o fubá até ficar homogêneo. 
  • Coloque em uma forma grande com furo no meio e leve para assar por 30-40 minutos em forno médio.
  • Faça o teste do palito após 30 minutos e se sair mole, deixe mais 5 minutos e assim por diante.